<BODY>
Lady Gwen
 

Arquivos

Home
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Outubro 2007
Maio 2009

Template by Theya





quinta-feira, 28 de junho de 2007

Um ultimo suspiro...

Eu, há algum tempo mudei de vida.
Há 8 meses e vinte dias peguei meus panos de bunda, minha mala vermelha, uma mala emprestada, 500R$, uma carranca que tinha comprado há uns anos em Juazeiro - Ba, e, com uma passagem ganha de uma pessoa que se interessou em me ajudar, me mudei para Manaus.
Motivo?
Só um.

Ele Nasceu em Manaus, mas passou grande parte da infancia na Argentina.
Tem o nariz afilado e lindo.
Tem uma renite que o faz dar espirros enlouquecidos pela manhã.
Adora guardanapos.
Tem a barba mais cheirosa do mundo.
Cabelos que sempre me deixaram com inveja.
Um pé feio.
Uma mão perfeita.
às vezes escreve lindos textos.
Às vezes escreve coisas que não consigo compreender.
às vezes fala coisas que não consigo compreender.
às vezes fala coisas que me faz sonhar.
É confuso.
Quebra algumas coisas quando fica nervoso.
Adora jogar Futebol.
Passa horas na frente do computador jogando Pró Evolution Soccer 6.
Entra no orkut só pra ler os fóruns das suas comunidades (principalmente as do Boca Júniors).
Não gosta de frango.
Adora bisteca - bovina.
Se perde no chocolate.
Escova os dentes compulsivamente.
Tem voz de malandro.
É louco pela avó.
Pela mãe.
Pelo pai.
Pela irmã.
Tem um cachorro que não brinca e às vezes implica comigo.
Acorda Às 5:30 da manhã.
Tem sonhos em cépia.
Fala espanhol.
Faz bico - e que bico...
Faz manha - e é tão lindo!
Vive cheio de hematomas.
Corta a unha do pé de um jeito que só de olhar me dá uma agonia...
Não gosta de Beatles.
Toca guitarra com a boca.
Gosta de Tequila,
enfim...

São vários motivos - inclusive outros que não estão aqui - que formam uma única pessoa.
A pessoa por quem mudei minha geografia.
A pessoa que me fez ver que somos infantis.
A pessoa por quem eu cresceria, mudaria.
Contudo, uma pessoa que não parece estar tão interessada assim.

O nome é bonito.
Sébastian.
Dito assim mesmo, com acento pra dar a impressão de que eu tÔ falando de pertinho, entre a barba e o ouvido, de noite, quando quero alguma coisa...
Binho...

Pra mim, amor não se resume. De amor não se fala. Com amor não se brinca.
Amor se sente.
Amor se faz.
Amor se vive.
POr amor se briga.
Se mata.
Morre.

Eu?
Eu não consigo falar de amor.
Eu só sinto.
Por ele faço besteiras, acerto.

Amor é como música, às vezes vc nem sabe pq gosta mas se pega lá, cantarolando.
Arrisca até um rodopio com a voz.
Amar é como Roy Orbisson cantando Carelless Heart

O amor tem cheiro.
às vezes é de lavanda, de alfazema, alecrim e até manjericão!

O amor é gostoso.
Faz vc pensar que é vicioso. Sim, quinem chocolate.

Amor?
Amor é acabar com um espaço virtual pq o real tem mais valor.

Amor é saber que eu talvez não completarei 9 meses em Manaus.
E mesmo assim saber que o amor existe - Ironicamente, mais forte que nunca.
Amor é ceder.
É estar ao lado.
É brigar um pouco também.
Amor é sentir a dor do outro.
Amor...
Amor é saber que não acaba e ainda assim ter dúvidas.

Amor é amar.


Amor é uma fotografia de fim de tarde no farol da barra...

Marcadores:

Enviado por Ban às 16:01


quarta-feira, 20 de junho de 2007

Cabritinha...

Quando eu morava lá em Guanambi, também ainda morava uma grande amiga minha. Nos falávamos todos os dias, pela manhã, à tarde (por telefone) e à noite (pessoalmente).

Sempre.

Nunca mudava.

E, sempre tínhamos papo, incrívelmente.
É onde tenho de concordar com Shaekspeare quando ele diz que vc e seu melhro amigo podem fazer tudo - ou nada - juntos e mesmo assim ser maravilhoso.
Sempre tínhamos papo. Nunca era monótono, massante...

...mas também, toda vez que falávamos por telefone (e somente por telefone), tinha vontade de fazer cocô.

Sempre.

Nunca mudava.

P.S.: Não aceito piadas do tipo: vc´s falavam merda, hein?
P.SS.: Saudade de Mel...

Marcadores: , ,

Enviado por Ban às 21:34


segunda-feira, 18 de junho de 2007

Pra dizer que não morri...

Bem, depois de uma infecção urinária e inflamação renal, muita dor, muita injeção, muito remedinho, muito cuidadinho da Sogruinha e de meu namoradinho, cá estou eu pra dizer que não morri.

Não desta vez.

Senti dores terríveis, fiquei de molho no vaso sanitário fazendo xixi que não existia, caminhava curvada, mas cá estou eu!!!
Feliz, quase boa e quase saltitante!

Na realidade, esse post é preu poder enxergar meu blog direito, pq eu nao to conseguindo.
Não sei por que cargas d´água o meu post rosinha não me aparece aqui nesta máquina.
Não, Nada de Cookies, nada de histórios nem nada de arquivos temporários.
Só manha mesmo.

Quando eu tiver algo além de dor (e gratidão) pra colocar aqui, venho e escrevo.

No mais, obrigada.

Marcadores:

Enviado por Ban às 14:46


terça-feira, 5 de junho de 2007

Deus só pode estar de brincadeira...


A vida correndo numa velocidade impressionante, as pessoas se atropelando, rostos desaparecendo da memória e dando lugar a palavras que na maioria das vezes nem sai da boca.

Sonhos?
Esquecidos.

A única coisa lembrada é o relógio...


Meu dia começou a me atropelar exatamente à meia noite.
Zero hora, nem um minuto a mais – muitos a menos.
O por quê disso eu sei exatamente, mas é tão irrelevante, é tão pouca coisa pra mudar tanto o dia que nem vale a pena falar!
Mas mudou meu dia, mudou meu humor e não me tirou da cama no horário que eu deveria.

...a minha sorte é que, ao sair de meu setor em direção ao refeitório para roubar a sobremesa, vi que enquanto eu tava aqui, afinando meu sangue, plantando inimigos, colhendo maus tratos e distribuindo aos vizinhos, Deus estava brincando comigo.
É, Ele só podia estar de brincadeira por pintar o céu de um cor-de-rosa tão vivo depois de uma chuva sufocante;
Ele só podia estar de brincadeira quando colocou aquela árvore rala pra fazer uma sombra escura naquela parte em que o céu era todo matiz!;
Ele só podia estar de brincadeira quando, sem fome, me fez sair em direção ao refeitório;
Ele só pode estar de brincadeira quando me fez perceber...

Ainda não estou muito melhor, mas pelo menos meu propósito já mudou.
Valeu... Por tudo!

Marcadores: ,

Enviado por Ban às 20:08


segunda-feira, 4 de junho de 2007

Psiu!, Ei você!

Minha vida eu só mudo por uma pessoa, tá?

Marcadores:

Enviado por Ban às 19:05